Quiropraxia


Quiropraxia como modalidade terapêutica:

A Quiropraxia é uma das diversas técnicas de terapia manual dentro da fisioterapia que facilita a auto cura, ou seja, quando corretamente indicada, favorece eventos neurofisiológicos que objetivam o alívio das dores e o bem-estar geral (1,2). Dessa maneira, aumentam a rapidez na capacidade de melhora do indivíduo e consequentemente diminuem os custos e o tempo relativos ao problema antes apresentado (3).

O que é quiropraxia?

São técnicas específicas de terapia manual e orientação postural, que buscam o desbloqueio de articulações e o tratamento do sistema neuro-musculoesquelético do corpo humano, através da fluidez e harmonização, com a finalidade de restabelecer o equilíbrio e a saúde do indivíduo. Algumas técnicas envolvem manipulações de alta velocidade e baixa amplitude que podem provocar “estalos”, que nada mais são do que formação e quebra de bolhas de ar que ficam dentro da articulação (4) ou processos cicatriciais que estão aderidos (4).

Caso queira saber mais sobre a história e regulamentação, procure no site http://www.quiropraxiabrasil.org/.

Como é realizada:

As sessões são realizadas com duração de até 1 hora e meia, sempre um paciente por fisioterapeuta, buscando o melhor custo-benefício, ou seja, obter o melhor resultado no menor tempo possível.

Indicações e Contraindicações:

Dependendo da condição apresentada durante a avaliação, o profissional e o paciente determinarão qual a melhor conduta a ser tomada. As indicações mais frequentes são: dores na coluna, dores e lesões musculares, torcicolos, dores articulares em membros superiores e inferiores, além de complementação aos diversos acometimentos traumatológicos e ortopédicos. Existem contraindicações para o uso da técnica, as patologias que fragilizam o tecido, tais como: tumores, osteoporose avançada (beneficiada com outras técnicas articulares e musculares), fraturas não tratadas corretamente, más formações congênitas, lesões infecciosas, febre e osteomielite.

Referências:

1 – Neuroendocrine Response Following a Thoracic Spinal Manipulation in Healthy Men. Journal of Orthopaedic & Sports Physical Therapy 2017 47:9, 617-62

2 – Neurophysiological effects of spinal manipulation. The Spine Journal 2 (2002) 357–371

3 – Dagenais, Simon et al. “A Systematic Review Comparing the Costs of Chiropractic Care to Other Interventions for Spine Pain in the United States.” BMC Health Services Research 15 (2015): 474. PMC. Web. 31 Oct. 2017.]

4 – Kawchuk GN, Fryer J, Jaremko JL, Zeng H, Rowe L, Thompson R (2015) Real-Time Visualization of Joint Cavitation. PLoS ONE10(4): e0119470. https://doi.org/10.1371/journal.pone.0119470

 

MARQUE UMA CONSULTA COM NOSSOS PROFISSIONAIS