A fisioterapia em coloproctologia (anorretais) atua nos distúrbios de incontinência fecal, incontinência de flatos, urgência fecal, constipação intestinal, estenose anal, sensação de esvaziamento intestinal incompleto, contração paradoxal do puborretal e síndrome do intestino irritável. Estas disfunções alteram a qualidade de vida dos pacientes, chegando a reduzir o seu convívio social e alguns casos a depressão.

Assim, o tratamento fisioterapêutico objetiva a melhora destes quadros através de exercícios de propriocepção, técnicas de relaxamento muscular, exercícios de fortalecimento, uso de biofeedback, eletroterapia e terapia comportamental.

Facebook
Instagram
Open chat
Powered by